Be Back?
Oi, vocês está no Naoko-San. Antes de sair apaga a luz, e nao quebrem nada. Se não eu mando o Fred Krueger ficar embaixo da sua cama e te pegar a noite. HAHAHA (riso maléfico).

Nao...who?
Naokinho-San ~ Odeio esse "inho". Então me chama só de Naoko. Sou uma pessoa divertida, ama a vida e se divertir. Gosta de musica pop e hiphop. Odeio gente falsa e quem fica falando besteira nos blogs dos outros porque não nada melhor pra fazer.

O Blog:
Naoko-san :3, nasceu dia 24.04.10. É um blog que eu criei depois de mt tempo sem blogs. Vou postar o que eu quiser e se vc tiver uma critica irrelevante, guarda pra vc que eu não tô nem aí.

Pet


Name: Kyto
Adotado em: 05/05/10

Friends of Bad:
* Valentine.
* Tatii
* You.

History
Histórico:
13/06/2010 a 19/06/2010
16/05/2010 a 22/05/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
25/04/2010 a 01/05/2010
18/04/2010 a 24/04/2010


Credits
Design + Lay + HTML: Naoko.
Back + Idéias: Valentine.




Mudei :3


Sim, meu novo link é: http://naoko.orgfree.com.

 

Vão lá. Bjs



- Postado por: Naoko às 11h06

( )

Fim de posts ~~




Almost End


Oi gente, bom, estou aqui só para avisar que o Naoko-san do Blog Uol vai simplesmente morrer. É. Cansei do Uol, me extressa muito. O que eu tenho na mente agora é fazer uma conta no freetzi ou orgfree e usar cutenews. Se eu conseguir eu venho avisar o link e tudo direitinho.

Obrigado a todos pelos comentários e por ajudarem enquanto o blog esteve ativo.

Bjs



- Postado por: Naoko às 20h23

( )

Fim de posts ~~




Revelations. - cap 2.


Casa dos Kazama. 6:30 da manhã.
Batidas na porta.
- Naoko! - chamava Jin do outro lado.
- Deixa eu dormir. - reclamei.
- Realmente, hoje não vai dar!
- Mas hoje é sabado!
- Mas hoje é um dia especial.
- Tá legal. Já vou sair.
- Vê se sai apresentável daí!
- O que você quer dizer com isso?
- Pra você se apressar!
- Tá, tá! Quanto extresse!

Me vesti. Roupa Preta Básica. Sai do quarto ainda com sono, cambaleando.
Fiquei sóbrio com o susto que tomei.
O Jin, meu pai e uma garota que estava num canto escuro. Só era possivel ver da cintura para baixo.
Eu estava chocado. Meu pai? O que ele tava fazendo aqui? Justo num sabado?
- Naoko, essa é Mayumi! - disse Jin.
A menina deu alguns passos a frente.
Ela se parecia muito comigo.
Mas como? Essa menina era...?
- Ela é sua irmã gêmea.
- Quê?
- É, vocês foram separados quando tinham 1 ano e 2 meses. - exclamou meu pai.
- Por você! - completou Jin.
Kazuya e Jin se entreolharam furiosamente.
- Foi quando sua mãe morreu. - continuou Kazuya.
Eu e a tal da Mayumi não paravamos de nos olhar. Ambos admirados com a semelhança.
- Se somos gêmeos, o que mais temos em comum? - perguntou ela.
- Os poderes. - respondeu Jin.
- Quê? - perguntamos juntos.
- É. Talvez vocês consigam fazer algum tipo de telepatia entre si.
- Tá legal. Isso é demais para mim! - exclamei.
Sai, fui para a cozinha. No caminho até lá esbarrei com o Lee.
- Oi Naoko!
- Oi.
- O que foi? Você tá estranho.
- Bom, eu acabei de descobrir que tenho uma irmã gemea, meu pai se importa comigo e provavelmente, eu posso fazer ligação telepatica com essa garota.
- Como?
- Por bluetooth.
- Sério?
- Claro que não Lee.
- Nossa, você tá estressado hoje hein?
- Desculpa, é que isso foi um choque pra mim.
- Eu posso imaginar.
- Desculpe te desapontar, mas acho que não.
- E eles?
- Eu não sei direito.

Algum lugar perto de Tokyo.

Nina está num carro. Vindo em direção ao meu endereço.

Isso significa que algo nao muito bom está para acontecer. Até uma morte, ou mais...

Ohio,Japão.

Jack estava trabalhando.Numa lanchonete. Estava trabalhando lá há alguns meses. O lugar era meio barra pesada. Era visitada por velhos pevertidos e briguentos e obrigava os funcionarios a usar uniformes humilhantes.
- O que vai querer senhor? - perguntou Jack ao um velho gordo.
- Só um café, minha linda.
O velho jogou a chave de sua motocicleta no chao.
- Será que pode pegar pra mim, belezinha?
Jack se abaixou para pegar e o velho passou a mao em sua bunda.
Jack explodiu por dentro. Queria quebrar-lhe a cara, arrancar-lhe o pescoço. Mas nao fez.
Algum tempo depois voltou.
Ao velho beber o café teve um infarto.
Jack falou baixinho:

- Muito cuidado no que faz e onde pega.

E depois gritou:

- Alguém, por favor me ajude, esse senhor tá tentando um ataque de overdose!

 

~bixamáh!~



- Postado por: Naoko às 20h54

( )

Fim de posts ~~




Terribly Sorry.


Oi gente, mil desculpas por nao ter postado antes. Mas é que realmente eu tô meio sem tempo e sem inspiração tbm. É, mas eu tinha que postar isso pelos menos para avisar. Tô recrutando dois servos para me ajudar com essa budega. É, um já foi selecionado, mas ainda falta um. E eu queria que vocês me dessem uma forcinha aí. Quem tiver qualquer personagem que queiram me receitar e que sejam originais, serão muito bem vindos. Bom, tenho que parar com o post, até pq eu não tenho mais nada o que postar.

Amanhã segundo cap... aguardem.

Amuh vcs.

 



- Postado por: Naoko às 19h43

( )

Fim de posts ~~




Fake Love Mission. Cap 1.


Osaka, Japão. Cadeia de Mulheres.
- Vamos Loira! Levanta essa bunda daí! - Disse uma policial.
Era o Grande Dia! Nina estava solta!
- Chegou a hora da minha vingança - pensou consigo mesma. Ela finalmente poderia se vingar do tal Kazama que a deixou naquele situação.

Tokyo, Japão. Quital dos Kazama.
-
Vamos Naoko! Desse jeito você nunca vai mover esse tronco! - Dizia Jin.
- Seria muito mais fácil se eu só tivesse de dar um soco nele, você não acha?
- Não, você ainda é muito frágil!
- Obrigado pela parte que me toca!
Jin começava a ficar impaciente.
- Vamos Naoko! Você pode conseguir, basta se concentrar.
- Tá legal.
Ergui a mão, apontando com a mão aberta e tentei me concentrar.
O tronco se mexeu.
- Você viu? - perguntei.
- Vi, vi o tronco se mover 0,5 centimetros.
Fiz uma cara de "já que você não me ajuda, não me critica!"
A campanhia tocou. Acho que pelo menos um pouco de paz deveria ver porta à dentro.
Era o Lee Chaolan. Grande amigo nosso.
- Oi Jin, Oi Naoko. - disse.
- Oi - respondemos.
- E aí? O que vocês estão fazendo? - perguntou.
- Tentando fazer o Naoko ter controle sobre os poderes. - respondeu Jin.
- Mas não tá ajudando. - salientei.
- Eu acho que posso ajudar. - disse Lee.
- Ah é? Como? - perguntou Jin.
Lee se aproximou de mim.  E pegou sobre a minha mão que ainda apontava para o tronco.
- Feche os olhos e Pense em alguem que você detesta! - disse.
Visualizei imediatamente a imagem do meu pai.
- Pronto? - perguntou.
- Sim. - respondi.
Ele fechou a minha mao rapidamente e para minha surpresa acabei descobrindo que tinha mais poder do que podia imaginar.
Ao realizar esse movimento, o tronco explodiu instantaneamente. Seus pedaços voaram por toda parte.
Eu continuava de olhos fechados.
- O que aconteceu? - perguntei.
- Abre os olhos. - Disse Lee.
Quando abri fiquei espantado. Eu tinha feito aquilo? Legal.
- Lee, desculpe estar me intrometendo no momento didático aí de vocês, mas, você veio aqui pra isso? - perguntou.
- Bom, na verdade, eu vim aqui para te avisar que a Nina Williams está solta, e eu tenho quase certeza que ela quer vingança! - respondeu Lee.
- Quem é essa? - perguntei.
- Uma presidiaria que eu mandei para a prisão há alguns anos atrás.
- Ah sim.
- Droga! - exclamou Jin. - Lee, eu quero falar a sós com você!
- Ah, claro. - Lee respondeu.
- Naoko, continua tentando descobrir mais sobre os seus poderes, tá? - disse Jin.
- É... Tudo bem.
Droga, agora eu estava morrendo de curiosidade.
- O que foi Jin? - perguntou Lee.
- Eu tenho medo. - disse.
- Medo? Medo do quê? Você já mandou ela para a Cadeia!
- Tenho medo de ela tentar fazer alguma coisa com o Naoko!
- Calma Jin! Ninguém sabe se ela quer mesmo fazer alguma coisa!
- Assim espero.

Ohio, Japão. Apartamento da Jack.

O Telefone tocou.
- Alô? - Ela atendeu.
- Olá Jack! Tenho um trabalhinho para você!
- Eu não faço mais trabalhinhos.
- Mas esse você vai fazer e com prazer.
- Ah é?
- Claro. E é com os Kazama.
- Hm, me conte mais...

Fim do 1° Cap.

Naoko ^^



- Postado por: Naoko às 21h35

( )

Fim de posts ~~